Link útil para quem ainda quiser continuar nessa empreitada de escrever textos na internet

Ninguém mais lê textos na internet, na verdade até lê, mas textos longos com mais de uma página se tornam cansativos, a tecnologia mudou tanto que só quem já estava nessa obra desde a web 1.0 pode obter algum público e ter tempo livre para não competir com “redes sociais” e conteúdos voláteis tipo manchete de BBB.

Ainda assim, E ANTES FOSSE SÓ ISSO! a luz azul emitida pelas telas (emissão ativa de dentro da tela para fora) pode causar Miopia Virtual, quando é constante a frequência de leitura e escrita de coisas longas (o foco se perde, e a luz emitida pelos leds que iluminam os pixels que formam as letras se tornam mais fortes que as próprias letras iluminadas por eles).

Ao contrário da luz passiva que ilumina o seu livro ou o seu caderno, seja a luz do sol em meia sombra, seja a luz da lâmpada de sua casa.

A melhor solução para isso seria a existência de monitores com a tecnologia
E-Ink (tecnologia usada nos kindles)
, que, segundo os especialistas até o atual momento é uma tecnologia absurdamente cara para produzir em massa e a preço acessível – para ser usado como um monitor de computador em telas maiores como uma maquina de escrever moderna.

Então, é um caminho e tanto, se levar em consideração também, outras coisas, como por exemplo, dominar técnicas de otimização do código fonte do seu site e pagar hospedagem em servidor. Enfim…


Fora isso, se tu chegou até aqui pela última página do google e quer continuar nessa empreitada, tem um padrão de escrita que é razoavelmente aceito e ele está nesse link aqui (https://4one.ag/ninguem-vai-ler-os-seus-textos-no-blog-dicas-para-leiturabilidade/)

Site para pesquisar autoria de citações

Procurei, procurei, procurei…, e, não encontrei qual o tamanho e a partir de quantas palavras uma frase ou expressão precisa ter para ser considerada DEFINITIVAMENTE plágio! Portanto, essa postagem é só pra indicar algum site minimamente útil pra isso, para você não sair por aí replicando qualquer coisa atribuída a Albert Einsten por exemplo (acredite! tem muito disso por aqui – se você estiver em 2050 ou 3000 lendo essa bagaça aqui, desconsidere, pode ser que tenha melhorado ou piorado, sei-lá).

Site útil (é estrangeiro e mais trabalhoso, tem que rolar a tela até o menu, procurar o nome do autor, e só então procurar pela frase, tentei inserir na lupa do Quote investigations o nome do autor ou a frase traduzida e não funcionou!). É mais fácil você jogar a frase traduzida em um buscador qualquer (google, yahoo, bing, etc), se tiver no banco de dados do site vai aparecer a frase, geralmente na primeira página, se não tiver não vai aparecer nada.
https://quoteinvestigator.com/



Agora, se tu quiser uma coisa mais simples e segura, sem essas ‘gira volta’ aí tem o https://www.citador.pt/

“Desde o ano 2000 que o Citador recolhe conteúdos directamente das fontes bibliográficas, sem recorrer a cópias de outros sites ou contributos duvidosos a partir de terceiros.”

É isso!

Conheça o Zorin OS, um linux fácil de mexer para você chutar o windows para escanteio.


Esse blog não é sobre tecnologia, mas de vez em quando vou trazer novidades que realmente importam para o futuro. Hoje, vou falar um pouco sobre o sistema operacional Zorin, uma distribuição Linux que poucos conhecem e que visualmente se parece muito com o Windows, mas sem aqueles vícios desagradáveis do Windows que todos conhecem.

Apesar de programas baseados em Kernel Linux serem conhecidos como sistemas operacionais visualmente difíceis de mexer, não é o caso do Zorin, sua instalação é fácil e sua navegação considero até mais fácil que o Windows, não tem aquelas chatices de atualizações automáticas pulando na sua tela e atualizando automaticamente sem a sua permissão, fazendo o seu disco ficar cheio e o seu sistema furar o pneu no meio do caminho e não chegar à praia perdendo todo veraneio e ainda ter que gastar com um pneu novo.

Antes de eu mostrar o quê que tem no Zorin, vou deixar duas dica importantes aqui para quando você comprar um computador ou laptop novo que vêm com o Windows instalado, e isso é fundamental se você pretende instalar outro sistema operacional nele:

  1. Pergunte ao vendedor ou veja se na descrição do anúncio tem o tipo de Bios da placa mãe do computador. Se a Bios dela for do tipo UEFI, não compre! pois geralmente são tipos bloqueados para funcionar só com o sistema operacional que é vendido, há algumas variações que podem ser alteradas na Bios que as vezes nem mesmo o vendedor tem a informação, mas que podem ser muito trabalhosas para o usuário final, por experiência própria, escolha um computador usado e bom que funcione sem essa Bios UEFI.
  2. Computador com disco de 32 Gb é muito pouco, prefira com no mínimo 64 Gb, apesar de que com o Zorin Os você não terá muitos problemas com disco lotado por causa das atualizações automáticas, basta escolher como você quer, nas configurações.


    Configure facilmente as atualizações automáticas:
notificação de atualizações

É possível alterar a frequência de atualizações clicando em configurações:

opções para alterar a frequência das atualizações


Um vasto acervo de apps para instalar pode ser encontrado no gerenciador de programas (uma espécie de ‘Google play’, só que do linux). Os programas mais comuns já vêm instalado automaticamente, outros você pode ver se tem versão disponível digitando na barra de pesquisa, se tiver, irá aparecer. E tem bastante coisa legal!

gerenciador de programas

E se você precisar de programas acessórios tem também, e já vem pré instalados, desde alguns programas para desenvolvimento, como também educativos para crianças. Apesar de já vir com esses programas instalados, ele é considerado leve, e não exige um computador muito potente para poder rodar o sistema.

Menu inicial

Obs: Todos os sistemas linux ainda carecem de oferta de drivers para todas as marcas de impressoras. A única marca de impressora em que a maioria dos modelos (até dos mais antigos) funciona bem no linux é da marca HP. Assim como drivers e apps de alguns bancos que podem não funcionar no sistema linux. Portanto, se você instalar um linux também para essas finalidades, dê uma breve pesquisada antes para ver se é compatível.

Requisitos mínimos do sistema:

potência mínima necessária do computador

Como instalar? siga os passos abaixo!

(Primeiramente faça Backup dos seus arquivos, pois tudo será apagado para instalar o novo sistema)

  1. É necessário ter um pen drive de no mínimo 4Gb de espaço livre, para você gravar o Zorin dentro dele. O Zorin pode ser baixado gratuitamente no site oficial.
  2. Com o pen drive conectado no seu computador baixe e instale o software Rufus.
  3. Com o Rufus aberto, selecione o seu pendrive em “dispositivo” e em “seleção de boot” selecione o arquivo arquivo baixado do site da Zorin (geralmente na pasta downloads).
  4. Não é necessário alterar mais nada, apenas certifique-se de a opção “Sistema de destino” conter a palavra BIOS (desconsidere aquele UEFI ali, porque aquilo ali tá só de enfeite e não funciona em máquinas UEFI), e a opção “Sistema de arquivos” estar em FAT32.
  5. Aguarde a conclusão do processo e reinicie a máquina para entrar na BIOS, e alterar a configuração para iniciar pelo Pen drive.
  6. Siga as instruções de instalação. Assim que a instalação for finalizada, reinicie e entre na BIOS novamente, alterando configuração para reiniciar pelo disco rígido.
Rufus: Imagem ilustrativa

Há uma outra versão ainda mais leve para computadores ainda mais antigos (para processadores anteriores ao Dual Core), porem alguns programas que exigem mais poder de processamento podem não funcionar corretamente, mas pode ser útil se esse for o seu caso.
O link está aqui: https://zorinos.com/download/#lite



Links úteis:
Como dar boot no computador pelo pen drive
Crie drives USB bootaveis facilmente